Nota de repúdio às declarações do Ministro Paulo Guedes referentes aos Servidores Públicos

11/02/2020

O SINDETRAN vem à público externar a sua indignação quanto às declarações do Sr. Ministro da Economia Paulo Guedes. Em um Estado democrático, onde o concurso público é a forma mais democrática de acesso ao serviço público, as constantes falas do Ministro direcionadas à classe chegam a causar repugnância.

 

O assédio institucional que vem sendo praticado pelo Sr. Paulo Guedes em relação aos servidores públicos já ultrapassa os limites legais e merece reação à altura.

 

Com um discurso tendencioso, recheado de inverdades e vazio de fundamentos técnicos, demonstrando o seu lamentável desconhecimento sobre o serviço público, quer induzir a sociedade a acreditar, entre outras barbaridades, que o servidor recebe reajuste salarial automático, que a estabilidade fere princípios, quando na verdade ela existe justamente para a manutenção de princípios básicos para o serviço público, que somos os responsáveis pelo, ainda questionável, rombo da previdência, dentre outras afirmações.

 

Falando especificamente do Estado do Rio de Janeiro, o que temos a aduzir é que o último acordo negociado com o governo do Estado para reajuste salarial data de 2014. Nem mesmo, a revisão anual para conceder a reposição das perdas inflacionárias, uma medida prevista pela Constituição Federal, vem sendo cumprida pelo Estado do Rio de Janeiro. A inflação acumulada nesses quase seis anos é de aproximadamente 30%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é o índice oficial de inflação do país. — A Constituição Federal demonstra claramente que não é aumento de salário, mas sim reposição de perdas. Além disso, após a deflagração da crise financeira do Estado, passamos a contribuir com uma alíquota de 14%, sobre o total de ganhos, para a previdência. Lembrando que continuamos a contribuir para a nossa previdência mesmo depois de passar para inatividade.

 

Mais especificamente ainda, falando dos servidores do DETRAN-RJ, fomos surpreendidos em 2017, com a suspensão da nossa progressão funcional. Em um golpe à Lei, o então Governador Luiz Fernando Pezão suspendeu o nosso direito através de um Decreto. Desde então, temos lutado bravamente, sem termos logrado êxito até o presente momento, não se justificando privar os servidores desta promoção por norma prevista há mais de 13 (treze) anos.

 

Sendo o DETRAN-RJ o segundo órgão que mais arrecada no Estado do Rio de Janeiro, tendo arrecadado somente em 2019, o valor de aproximadamente R$1.700.000.000,00 (um bilhão e setecentos milhões de reais), tendo sido o patrono de diversas políticas do Estado, através de repasses, essa realidade financeira não se reflete na vida dos seus servidores, que têm um dos salários mais baixos de todas as careiras deste Estado.

 

Diante de todo o exposto, rechaçamos com toda veemência e indignação tal classificação rasa e generalizada, que vem sendo constantemente veiculada pelo Sr. Ministro a Economia Paulo Guedes. Os servidores do DETRAN-RJ exercem com orgulho e lisura suas atribuições, sempre buscando melhor atender a população.

 

Deixamos aqui a reflexão de que PARASITAS são aqueles que usurpam o dinheiro do povo sem lhes dar nada em troca. Os SERVIDORES PÚBLICOS trabalham! Trabalham muito! Mesmo diante de todas as adversidades que encontram ao longo da sua vida profissional!

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Importância da Estabilidade do Servidor Público

30/06/2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

15/09/2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por categorias
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
Fique por dentro
Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

Sede Administrativa
Avenida Passos, nº 101, Salas 201, Centro, Rio de Janeiro
CEP: 20051-040 - Telefones: (21) 2233-5829 / (21) 2283-2851

Sede Campestre
Rua Alda Rodrigues de Mello, nº 538, Parque D. Pedro II, Mauá, Magé, Rio de Janeiro, CEP: 25930-000

© 2018 por Sindetran/RJ

Desenvolvido por: Willie's Rocker Studio ;)