Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2018 por Sindetran/RJ

Sede Administrativa
Avenida Passos, nº 101, Salas 201, Centro, Rio de Janeiro
CEP: 20051-040 - Telefones: (21) 2233-5829 / (21) 2283-2851

Sede Campestre
Rua Alda Rodrigues de Mello, nº 538, Parque D. Pedro II, Mauá, Magé, Rio de Janeiro, CEP: 25930-000

Desenvolvido por: Willie's Rocker Studio ;)

História

O Sindetran/RJ - Sindicato dos Servidores do Detran/RJ - foi fundado no ano 1989, tendo como origem a antiga ASDETRAN/RJ, Associação que lutava pelos interesses da categoria no período anterior à Constituição de 88.

Os primeiros anos do Sindicato foram de organização da nova instituição, como definição dos primeiros estatutos, escolha de local para sede administrativa, etc.

A partir de 2001, com uma estrutura inicial já definida, iniciou-se a primeira gestão presidida por Jamiro Faria, gestão que teve como foco a definição de um Plano de Carreira.

Em 2006 houve a conquista do tão desejado Plano de Cargos e Salário, através da  LEI Nº 4.781, DE 23 DE JUNHO DE 2006, tendo sido realizado o primeiro concurso em 2008.

Em 2009, após mobilização dos servidores, a gestão do sindicato, atuou na busca de melhoria salarial, nesse ano foi criada a GTPAD, Gratificação Temporária de Desempenho, que viria a ser incorporada ao salário em 2014.

Em 2013 a gestão de Jamiro Faria deu lugar à gestão do quadriênio 2013-2017 presidida por Maria da Penha.

Essa gestão iniciou-se com grande apoio de alguns dos integrantes da gestão atual, realizando estudos relacionados a defasagem salarial e apresentando o estudo de proposta de uma nova tabela, com todos os pontos de defasagem corrigidos. O estudo foi aprovado, na íntegra, pela presidência do Detran/RJ à época, porém, devido ao impacto financeiro que seria gerado na previdência, o Governo enviou para a Alerj uma proposta inferior. Novamente os servidores que hoje integram a nova gestão do Sindetran/RJ atuaram proativamente com objetivo de melhorar a proposta e assim foi possível a criação do Auxílio Saúde e da previsão de correção da progressão funcional.

Em 2017 iniciou-se um novo quadriênio, 2017-2021, com a nova gestão presidida por Gustavo Gonçalves, porém após pouco mais de 3 meses foi comunicada a necessidade de realização de novas eleições, devido a irreparáveis divergências internas, que resultaram na renúncia conjunta da maioria dos membros da diretoria executiva e de suplência.