FOSPERJ pede reunião com Witzel por meio de ofício

O Fórum Permanente de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (FOSPERJ), encaminhou nesta terça-feira (07/04), um ofício ao governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel pedindo uma conferência online para tratar da defesa dos servidores públicos. De acordo com o documento enviado ao Poder Executivo, os servidores públicos do Brasil, no cumprimento de seus deveres, estão entre aqueles que ocupam a linha de frente na batalha contra o Covid-19. Os profissionais de saúde, profissionais da educação, agentes de segurança pública, todo o sistema de justiça, entre tantos outros serviços essenciais prosseguem no desempenho de suas funções, combatendo os efeitos primários e secundários desta crise sanitária, desempenhando papel absolutamente relevante e necessário para toda sociedade. O Fórum também ressaltou que o funcionalismo público fluminense já tem sido penalizado com um desconto previdenciário de 14%, congelamento salarial de mais de 5 anos, e perdas salariais de, no mínimo, 40%. Uma geral precarização das carreiras públicas. “Redução dos concursos públicos e as constantes crises sociais e econômicas maximizam a demanda e reduzem a oferta, o trabalho se acumula e sobrecarrega todos os setores da máquina pública. É absolutamente inaceitável que se cobre desses servidores que ‘contribuam com sua parte’, como dito pelo Ministro da Economia em recente entrevista. A nossa parte já vem